domingo, 11 de dezembro de 2016

UM TESOURO INESTIMÁVEL

As histórias que envolvem a busca por tesouros escondidos costumam despertar muito o interesse das pessoas. Quem nunca assistiu a um filme com este tema? Existem dezenas deles. Apesar dos enredos serem diferentes há um ponto em comum entre todos, a existência de um mapa que os guiará até o objetivo.
No segundo domingo do mês de dezembro comemoramos o dia da Bíblia, única razão de fé e prática dos cristãos batistas e também de outras denominações. O que seria do homem sem ela?  Nela encontramos o mapa do tesouro. Nela estão contidas as diretivas para que o homem viva bem e goze de tudo que foi criado de forma plena e saudável. Ela responde as mais variadas questões do cotidiano humano tais como: Como viver bem em família, ensinando a cada integrante dela como cumprir bem o seu papel; fornece princípios de ética e moral, sendo utilizada como base para a criação de normas e leis adotadas por países do mundo inteiro; ensina o respeito e o amor ao próximo como parâmetros fundamentais para um bom relacionamento entre os homens; revela de onde viemos, quando tudo começou e mostra para onde vamos, deixando bem claro que para conquistar o tesouro, faz-se necessário seguir à risca as suas orientações. Podemos afirmar que nela existem respostas para a maioria dos questionamentos que rodeiam a raça humana.
Muitos já tentaram, sem sucesso, coloca-la em cheque. Não há como duvidar de sua veracidade. Humanamente falando, seria impossível alguém conseguir juntar tantos livros, escritos em épocas tão distantes por tantos homens de culturas diferentes, sem perder a sua essência e sem entrar em contradições. Ela é a revelação do amor de Deus pela humanidade. Quando está fechada é um livro como outro qualquer, mas, quando alguém com um coração aberto resolve abri-la no intuito de encontrar a Deus, ela se torna a sua voz ecoante, dando-lhe direção, consolo, proteção, paz, fé, esperança, cura e salvação.

Voltando a introdução sobre a busca pelo tesouro escondido, entretanto, deixando a ficção de lado e partindo para a realidade, existe um grande tesouro disponível para todos os homens. A Bíblia fala de uma cidade de ruas de ouro, onde não vai haver pranto, dor, sofrimentos, decepções, um verdadeiro paraíso, um tesouro inestimável (Ap. 21). Se queres conquista-lo, basta seguir as coordenadas das Sagradas Escrituras, lembrando que estas benesses serão eternas, por isto vale a pena crer e obedecer.  
Sola scriptura!!!
Juvenal Mariano de Oliveira Netto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto

Sou casado com Nilcéia e temos duas lindas filhas. Me alistei no Exército de Cristo a cerca de 24 anos atrás. Desde então meu alvo é agradá-lo em tudo o que faço. Meu maior prazer é anunciar as boas notícias do Senhor Jesus, sendo um profeta (aquele que fala em o nome do Senhor) para esta geração.