quarta-feira, 5 de outubro de 2016

QUEM PODERÁ NOS SEPARAR DE DEUS?



Até mesmo as pessoas mais simpatizantes dos filmes de terror no momento em que se menciona o nome Satanás, ficam aterrorizadas, pois, no fundo tem a consciência de que a sua maldade vai muito além das representações das telas. Ele foi o único ser que ousou desafiar a Deus, liderando uma rebelião que arrastou um terço dos anjos. Não tem como discutir, o Diabo é um ser que tem poder. Ele foi escorraçado do céu sendo precipitado na terra e é o maior responsável por tudo de ruim que já aconteceu no planeta.

Alguns acreditam que este ser rebelde e mal tem poder para afastar as pessoas de Deus. Será mesmo que podemos atribuir a ele tamanho poder? Jesus quando cumpriu o plano salvívico do Pai o venceu definitivamente e ele foi preso e permanecerá neste estado por um período simbólico de mil anos até a segunda vinda de Cristo, segundo a interpretação dos amilenistas (Ap. 20.1-3). Esta prisão não significa que ele esteja inoperante, mas, que o seu poder fora limitado; ele não pode mais impedir que as pessoas se convertam a Jesus e nem pode afastá-las da sua presença.

O apóstolo Paulo escrevendo a Igreja em Roma afirmou que nada pode nos separar do amor de Deus. Nenhuma tribulação por mais dolorosa que possa ser, tem poder para nos afastar do Senhor. O capítulo onze da carta aos hebreus fala do testemunho de homens que venceram mesmo em meio a terríveis sofrimentos:

Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos. As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição; E outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões. Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados (Dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra (Hebreus 11:33-38).

Não somente estes, mas, outros milhares também não negaram a sua fé em Cristo mesmo tendo que pagar com o sacrifício da própria vida; pessoas que aos olhos humanos foram derrotadas porque morreram, mas aos olhos daqueles que creem no evangelho e aos olhos de Deus, foram vitoriosas e gozarão o prêmio da salvação (Ap. 12. 10-11).  Nenhum ser, circunstância, ou quaisquer outros fatores serão capazes de nos afastar do grande amor de Deus (Rm 8.31-39).

À vista disto, o único ser competente para te separar de Deus, é você mesmo, se vier a rejeitar a Cristo; Ele deu a maior prova de amor pelos homens quando saiu do seu trono de glória, desceu a terra, se vestiu de homem, foi humilhado e escarnecido e, voluntariamente, se entregou a morrer por nós na cruz, vencendo definitivamente todos os nossos inimigos. Então, não tenhas medo, pois como disse Paulo, em todas estas coisas somos mais que vencedores por intermédio daquele que nos amou.  

Soli Deo Glória!!!!
Juvenal Mariano de Oliveira Netto

Um comentário:

  1. Bom texto, mas será que o diabo está preso? Claro, isso segundo os Amilenistas. Kkkk! Não precisa responder.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto

Sou casado com Nilcéia e temos duas lindas filhas. Me alistei no Exército de Cristo a cerca de 24 anos atrás. Desde então meu alvo é agradá-lo em tudo o que faço. Meu maior prazer é anunciar as boas notícias do Senhor Jesus, sendo um profeta (aquele que fala em o nome do Senhor) para esta geração.