quarta-feira, 21 de setembro de 2016

MISSÕES: NÃO TEM COMO DAR ERRADO



Uma infinidade de manuais de liderança existentes pelo mundo afora utilizam como base a vida e os ensinamentos de Jesus, reconhecendo-o como o maior líder de todos os tempos. Contra fatos não há espaço para qualquer argumentação. O resultado de todo o seu trabalho por si mesmo comprova esta realidade. Nenhum outro conseguiu influenciar tanta gente. Toda vez que alguém precisa se situar, utilizando como base o calendário vigente, ele obrigatoriamente terá que reconhecer que Cristo mudou o rumo da história.
            Jesus montou a sua equipe escolhendo apenas doze homens; Pessoas comuns, com temperamentos diferentes; Um deles, chamado Mateus, extremamente mau visto pela sociedade da época por ser um cobrador de impostos, pois, na grande maioria, eram corruptos e extorquiam a todos. Se houvesse a possibilidade de reunir neste período todos os grandes pensadores que já pisaram neste planeta, eles afirmariam que aquele grupo não iria muito longe, pois não havia excepcionalidade alguma entre eles, exceto o seu Mestre.
O resultado foi simplesmente extraordinário. Jesus ensinou, preparou, adestrou por um período de apenas três anos doze homens, sendo que apenas um se perdeu, e eles inflamaram o mundo com a mensagem do evangelho.
Não há como contabilizar o número exato de pessoas alcançadas pela mensagem regeneradora de Cristo desde a sua origem há mais de dois mil anos atrás. Na atualidade existem milhões de pessoas em todos os continentes que professam a sua fé Nele, dando testemunho de que Ele é o único que pode dar o verdadeiro sentido as suas vidas ao preencher o seu vazio existencial.
Destarte, se espontaneamente continuarmos a por em prática os ensinamentos do Mestre dos Mestres, a obra missionária não terá como dar errado. Se onze homens conseguiram tamanha proeza, o que dizer então desta tão grande multidão de testemunhas do presente? O que não poderemos fazer? O resultado será o de uma grande colheita para a glória de Deus, que não deseja que os homens se percam, mas que se arrependam e sejam alcançados pela sua infinita misericórdia. O que nos compete é sempre semear que, em tempo oportuno, elas germinarão e frutificarão dando sequencia a esta obra maravilhosa até a volta do Senhor.

Soli Deo Glória!!!
Juvenal Mariano de Oliveira Netto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto

Sou casado com Nilcéia e temos duas lindas filhas. Me alistei no Exército de Cristo a cerca de 24 anos atrás. Desde então meu alvo é agradá-lo em tudo o que faço. Meu maior prazer é anunciar as boas notícias do Senhor Jesus, sendo um profeta (aquele que fala em o nome do Senhor) para esta geração.