quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

DEZ REGRAS PARA PRODUZIR UM DELINQUENTE JUVENIL



1. Dê a seu filho, desde pequenino, tudo o que ele quiser. Assim, quando ele crescer, achará que o mundo tem obrigação de dar-lhe tudo o que ele quiser.
2. Quando ele disser nomes feios, ache graça, isso o fará considerar-se muito engraçado.
3. Nunca lhe de qualquer orientação moral e religiosa. Espere que ele chegue aos 21 anos para ele "decidir o que quiser".
4. Nunca lhe diga: "Não faça isso". Isso criará nele um complexo de culpa. Mais tarde, quando ele for preso por furto, diga: a sociedade o persegue!
5. Apanhe tudo o que ele deixar jogado: livros, sapatos, roupas, etc. Faça tudo para ele, para que mais tarde ele jogue sobre os outros toda e qualquer responsabilidade. Assim, ele achará que todo mundo existe para servi-lo.
6. Deixe-o ler tudo.  Esterilize seu prato, porém deixe que ele contamine seu  espírito.
7. Promova acaloradas discussões domésticas diante dele. Quando seu lar desmoronar-se, ele não achará  estranho.
8. Dê-lhe todo o dinheiro que ele quiser. Nunca o deixe ganhar seu próprio dinheiro para pagar suas próprias despesas.
9. Satisfaça todos os seus desejos comida, bebida e conforto. Negar lhe as coisas por justa causa pode resultar em frustrações.
10. Dê-lhe sempre razão: os professores, os vizinhos, a polícia é que o perseguem. Todos têm má vontade para com seu filho.
Conclusão: Quando ele estiver perdido, dê esta desculpa: Nunca consegui dominá-lo, e, prepare-se para uma vida de sofrimento e amargura.
(Texto extraído)
 Autor: Dr. Edgar Hoover
Biografia do autor: Foi um policial norte-americano; durante 48 anos o diretor do FBI, a mais importante organização policial do mundo, sendo considerado seu patrono. Considerado como a autoridade mais poderosa dos Estados Unidos pelo maior período de tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto

Sou casado com Nilcéia e temos duas lindas filhas. Me alistei no Exército de Cristo a cerca de 24 anos atrás. Desde então meu alvo é agradá-lo em tudo o que faço. Meu maior prazer é anunciar as boas notícias do Senhor Jesus, sendo um profeta (aquele que fala em o nome do Senhor) para esta geração.